29 de maio de 2012

Como fazer papel artesanal

Muitas vezes sentimos vontade de fazer algo pelo nosso planeta Terra e não sabemos por onde começar. Pois bem, a reciclagem de papel é uma ótima oportunidade.

Por que reciclar papel?

A maior parte das pessoas  consume papel excessivamente  feito a partir de árvores. A indústria global de papel consome cerca de 4.000 milhões de árvores por ano, principalmente pinus e eucalipto. Com a reciclagem de papel  é possível prolongar a vida das fibras de celulose, um recurso natural que vem da madeira. O desmatamento é uma realidade preocupante e afeta todo o planeta.

Benefícios Reciclagem de Papel:

O consumo de madeira é reduzido, o que favorece o desenvolvimento das florestas e reduz os custos de corte, transporte e manuseio.

Como fazer papel artesanal

1. Coletar todos os tipos de papéis;
Tipos de papéis recicláveis: papel sulfite, papelão, caixas de embalagens de produtos, papel de presente, folhas de caderno, entre outros.
2. Escolher detalhadamente e separar os papéis por cor e tipo, pra não dar diferença no resultado final;
3. Retirar todo tipo de impurezas e objetos que possam estar nos papéis, como grampos, clipes, elásticos, adesivos;
4. Cortar o papel em tiras finas facilita e agiliza o próximo passo. O papel deve ser colocado de molho na água de um dia para o outro – utilize a proporção de três medidas de água para uma de papel;
5. As tiiras de papel molhadas devem ser colocadas no liquidificador e trituradas até obter-se uma massa pastosa, totalmente dissolvida. Retire-a do liquidificador e coloque-a numa bacia de tamanho maior ou igual à tela que você irá utilizar;
6. Alguns “ingredientes” devem ser adicionados à massa, como corantes, fibras naturais para textura do papel, cola para dar liga à massa, carbonato de sódio para a lisura, borato de sódio (que protege contra fungos), correção do pH da água e outros itens opcionais para deixar o seu papel reciclado mais personalizado, como folhagens e flores para decoração;
7. Com a massa pronta na bacia, mergulhe a tela com a moldura e vá retirando aos poucos, na posição horizontal. Espere escorrer a água e limpe o excesso com uma esponja;
8. Agora é só deixar secar a sua folha de papel reciclado sobre um jornal ou um pano. Coloque algum peso sobre a folha, como tábuas de madeira.
Resumo

Dicas importantes para confeccionar o seu papel

1. Para dar um efeito decorativo ao seu papel misture à polpa: linha, gaze, fio de lã, casca de cebola ou casca de alho, chá em saquinho, pétalas de flores e outras fibras.
2. Bata no liquidificador junto com o papel picado: papel de presente, casca de cebola ou de alho.
3. Coloque sobre a folha ainda molhada: barbante, pedaços de cartolina, pano de tricô ou crochê. Neste caso, a secagem será natural - não é necessário pressionar com o pedaço de madeira.
4. Para ter papel colorido: bata papel crepom com água no liquidificador e junte essa mistura à polpa. 5. Outra opção é adicionar guache ou anilina diretamente à polpa.
Lembrete

A tela de nylon deve ficar bem esticada, presa à moldura por tachinhas ou grampos.
Reutilize a água que ficar na bacia para bater mais papel no liquidificador
Conserve a polpa que sobrar: peneire e esprema com um pano. Guarde, ainda molhada (em pote plástico no congelador) ou seca (em saco de algodão).
A polpa deve ser ainda conservada em temperatura ambiente.

Veja como fica






Fonte: Pensamento Verde, Só Biologia, Revista Artesanato, Cultura Mix.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...