3 de dezembro de 2015

Exercícios - Evolução geológica da Terra

1)  O tempo geológico conta os "anos da Terra" e se divide em grandes eras geológicas. Caracterize a era Pré-Cambriana e a Era Cenozoica, comparando-as entre si.

2) Leia o trecho a seguir para responder às questões. "As primeiras ideias a respeito da deriva dos continentes são muito antigas e surgiram  da observação das suas formas (...). Segundo Wegener deixou escrito, foi as semelhança dos perfis de ambos os lados do Atlântico sul que lhe despertou a suspeita de um afastamento entre (...)."
BRANCO, Samuel; BRANCO, Fábio. A deriva dos continentes. São Paulo:Moderna,2009.
a) Formulada em 1912, a Teoria da Deriva Continental só obteve reconhecimento a partir da década de 1960. O que foi descoberto nessa época que deu crédito à teoria de Wegener?
b) Que continentes você nomearia para completar a citação?
c) Identifique duas evidências do fato de esses continentes terem formado uma massa única no passado.
d) Com a fragmentação da Pangeia, em que continente ficou localizado o território brasileiro?

3) Sobre a crosta terrestre, responda aos itens a seguir.
a) A humanidade vive na crosta terrestre e aí exerce suas atividades. Caracterize essa camada e justifique sua importância.
b) Os vulcões fazem parte da crosta terrestre. Por um lado, representam um risco iminente para a população que reside em suas proximidades, como se vê na imagem abaixo; por outro, permitem o aproveitamento de seu solo. Explique essa afirmação.
c) Relacione o Brasil com a atividade vulcânica recente.

4) As placas tectônicas, componentes da crosta terrestre, mantêm-se sobre uma camada pastosa composta por magma. As placas maiores e mais pesadas tendem a afundar mais, porém atingindo um grau maior de emergência na superfície. Já as placas mais finas e leves costumam imergir menos no magma. O princípio que explica essa lógica é o do (a):
a) equilíbrio geotérmico
b) planificação tectônica
c) movimento das células de convecção
d) isostasia

5) (UDESC) A Teoria da Deriva dos Continentes foi enunciada pelo cientista alemão Alfred Lothar Wegener, em 1912. Segundo este autor a Terra teria sido formada inicialmente por um único e enorme supercontinente que foi se fragmentando e se deslocando continuamente desde o período Mesozóico, como se fosse uma espécie de nata flutuando sobre um magma semilíquido e passeando em diferentes direções.
Assinale a alternativa que contém o nome com o qual foi batizado este supercontinente inicial.
a) Gaia
b) Placas Tectônicas
c) Folhelhos de Wegener
d) Riftis
e) Pangeia

6) A idade oficial da Terra aceita atualmente é de______________, esta idade é calculada a partir de meteoros que caíram planeta, pois a superfície terrestre está em constante mudança, hora crescendo, se modificando, e se destruindo. Sendo por este fato difícil de precisar com exatidão a real idade terrestre, por isso usa-se os meteoros como fonte de dados.
a) 4,5 bilhões de anos
b) 7 bilhões de anos
c) 9 bilhões de anos
d) 12 bilhões de anos
e) 15 bilhões de anos

7) Ao longo do tempo, diversas teorias têm sido propostas com a finalidade de explicar a distribuição das massas continentais. A partir da incrível semelhança entre as costas leste  da América do Sul e o oeste da África, surgiu em 1912 a mais conhecida e audaciosa teoria a respeito da atual distribuição dos continentes. De acordo com essa teoria, a América do Sul e a África, no passado,  formavam um único continente, que posteriormente se separou em dois e suas partes  afastaram-se uma da outra. Quem é o autor e como se chama essa teoria?
a) Wegener – Teoria das Placas Tectônicas.
b) Wegener – Teoria da Deriva dos Continentes.
c) Einstein – Teoria da Relatividade.
d) Hess e Dietz – Teoria da Expansão do Fundo dos Oceanos.
e) Du Toit – Teoria  das Placas Tectônicas.

8) A mais recente teoria a respeito da distribuição das massas continentais, na verdade um prolongamento ou aprofundamento da Teoria da Deriva dos Continentes, é conhecida pelo nome de_____________.Segundo essa teoria, as massas continentais estão mergulhadas e flutuando sobre um substrato magmático (magma pastoso), ou seja, a crosta sólida da Terra está dividida em várias___________, que se movimentam em várias direções.
Os espaços em branco devem ser preenchidos por:
a)tectonismo/camadas.
b) Teoria das Placas Tectônicas/placas.
c) Teoria das Placas Tectônicas/camadas.
d) Teoria da Deriva dos Continentes/placas.
e) Teoria da Relatividade/camadas.

9) Os agentes internos do relevo são responsáveis pela criação ou modificação da fisionomia da paisagem. Um desses agentes é provocado por forças no interior da Terra que atuam de forma lenta e prolongada na crosta terrestre. Entre outras conseqüências, é capaz de produzir deformações, formação de falhas e de dobramentos na superfície, dando origem a diversos tipos de relevo.
Assinale a opção que corresponde ao agente interno do relevo descrito anteriormente.
(A) Movimento tectônico.           
(B) Epirogênese.          
(C) Vulcanismo.        
(D) Desmoronamento.        
(E) Erosão.

10) (UFJF) Leia o fragmento de texto a seguir:

Tais mudanças nas partes superficiais do globo pareciam, para mim, improváveis de acontecer se a Terra fosse sólida até o centro. Desse modo, imaginei que as partes internas poderiam ser um fluido mais denso e de densidade específica maior que qualquer outro sólido que conhecemos, que assim poderia nadar no ou sobre aquele fluido. Desse modo, a superfície da Terra seria uma casca capaz de ser quebrada e desordenada pelos movimentos violentos do fluido sobre o qual repousa.
(Benjamin Franklin, 1782, em uma carta para o geólogo francês Abbé J. L. Giraud-Soulavie in PRESS, frank et al. Para entender a Terra. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006).

Sobre a estrutura interna da Terra, pode-se afirmar que:
a) a crosta é uma camada única constituída de uma placa tectônica dividida em duas seções.
b) a litosfera é a camada mais densa e se mantém em movimento devido às correntes convectivas.
c) as camadas da Terra são separadas umas das outras por áreas denominadas “descontinuidades”.
d) ela é formada por camadas alternadas, de densidades semelhantes, que diminuem da superfície para o centro.
e) o núcleo divide-se em duas partes: superior e inferior e seu material é o magma.

11) (UFPE)A Deriva dos Continentes e a Teoria da Tectônica de Placas são os dois modelos teóricos das geociências que, no século XX, causaram uma revolução dos conceitos relativos, sobretudo, aos processos geológicos internos. Sobre esses assuntos, o que é correto afirmar?

( ) A hipótese da Deriva dos Continentes foi elaborada pelo geógrafo Alexander Von Humboldt e se apoiou na teoria do “Caos Continental”, estruturada por Ratzel.
( ) A hipótese da Deriva dos Continentes propõe que o posicionamento relativo das massas continentais mudou de forma considerável ao longo do tempo geológico.
( ) A teoria da Tectônica de Placas fornece uma explicação geométrica e cinemática de como a expansão do fundo oceânico e a deriva das placas litosféricas ocorrem numa superfície aproximadamente esférica.
( ) A velocidade e a taxa de expansão das placas litosféricas variaram ao longo do tempo geológico, demonstrando, assim, que as forças responsáveis pelos movimentos dessas placas também se modificaram.
( ) Os aspectos paleoclimáticos que foram apresentados pelo autor da hipótese da Deriva dos Continentes não podem ser empregados como argumentos favoráveis à teoria da Tectônica de Placas.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

(A) V - F - F - V. F.                  
(B) F - V - V - F.V                   
(C) V - F - F - F. V.
(D) F - V - V - V. F.
(E) F - V - F - F. V


12) (CESGRANRIO/1995) Com o desenvolvimento da Teoria das Placas Tectônicas, nos anos 60 e 70, fenômenos como o vulcanismo, os terremotos e a formação de cadeias montanhosas vêm tendo uma compreensão mais aprofundada. Isto permite, inclusive, a previsão de eventos de alta intensidade destrutiva, conforme a possibilidade de que a Califórnia, nos próximos anos, venha a sofrer um grande terremoto, já que, nessa região, a crosta terrestre:

(A) apresenta uma zona de encontro de placas tectônicas com expansão do assoalho oceânico.

(B) se encontra profundamente fraturada pela formação de uma dorsal oceânica.

(C) está sendo empurrada para baixo formando uma fossa abissal.

(D) forma uma área de separação de placa com forte epirogênese.

(E) se divide em duas placas que deslizam paralelamente em sentidos contrários.

13) As massas continentais que conhecemos não são fixas, mas se separam, se chocam, abrem fendas a levantam montanhas. Com base na teoria da Deriva dos Continentes, aperfeiçoada pela teoria da Tectônica de Placas, é possível admitir que

(A) o material magmático que sobe para a crosta terrestre vem impedindo que o "Chifre da África" se separe do restante do continente africano.
(B) os continentes, massas flutuantes sobre um mar de magma, tendem a se agrupar em um único megabloco, denominado Pangéia.
(C) o "anel de fogo" do Pacífico sofrerá os efeitos do terremoto Big One, exceto a Califórnia situada na borda da placa Norte-Americana, onde a energia acumulada é menor.
(D) a África e a América do Sul estão se distanciando, com o alargamento do Oceano Atlântico a o deslocamento da placa Sul-Americana em direção à de Nazca.
(E) o surgimento dos Apalaches e das fossas do Pacífico resultou do choque entre as placas Americana a Asiática no período terciário da era atual.


14)(MACKENZIE)

Placas Tectônicas

Observando a figura, podemos afimar que
I.  Alfred Wegener, meteorologista alemão, levantou a hipótese, no início dséculo XX,afirmando que, há 220 milhões de anos, os continentes formavauma única massdenominada Pangeia, rodeada poum oceano chamadPantalassa. Essa suposição forejeitada pela comunidade científica da época.
II A litosfera encontra-se em movimento, uma vez que é composta por placas tectônicas seccionadas que flutuam deslocando-se lentamente sobre a astenosfera.
III.  A cordilheira dos Andes é um dobramento recente. Datando do períodTerciáridaerCenozoicasurgdintensentrechoqudaplacadPacíf ico e Sul-Americanapromovendo o fenômeno de obducção.
IV. A Dorsal Atlântica estende-se desde as costas da Groenlândia até o sul da América do Sul. Os movimentos divergentes entre as placas Africana e Sul-Americana permitiram intensos derramamentos magmáticos originando rochas basálticas que foram incorporadas às bordas das referidas placas.
Estão cor retas.
a) I e III, apenas.
bII e III, apenas.
cIII e IIIapenas.
dI, II e IV, apenas.
eI, II, III e IV.


15) "Tudo virou um inferno, como se a II Guerra Mundial estivesse acontecendo novamente: 4.500 mortos, 23.760 feridos e 270 mil desabrigados."
              ("ISTO É", 25-01-95).
Com base na figura a seguir, é correta a explicação para o acontecimento que atingiu a cidade de Kobe, no Japão:

(A) Em uma falha geológica, houve deslocamento e posterior encontro de placas tectônicas - no caso, a placa Euroasiática com a placa das Filipinas.
(B) Houve um processo de orogênese, isto é, movimento horizontal e prolongado que, atuando sobre as camadas de rochas sedimentares, provoca o dobramento dessas camadas.
(C) Houve um processo de epirogênese, ou seja, movimento vertical leve e prolongado, capaz de provocar elevações e abaixamentos de grandes extensões continentais.
(D) Houve um desmoronamento das rochas no interior da Terra, provocando acomodações das camadas de sedimentos devido ao seu próprio peso.
(E) Ocorreu um rompimento da crosta terrestre pela ação de forte pressão causada pelo magma que, através da falha ou fratura, subiu até a superfície.

Fonte: Geografia para todos, Geografalando, Helio dos Santos Chagas


Gabarito

1) A Era Pré-Cambriana se estabeleceu de 4,6 bilhões de anos até 590 milhões de anos atrás.
Dividida nos período Arqueozoico e Proterozoico, foi a era mais longa de todas, caracterizada pelo início da formação do planeta e por intensa atividade vulcânica.
Nessa era surgiram formas elementares de vida e se formaram as rochas mais antiga do planeta. A era Cenozoica é bem mais curta, dura de cerca de 65 milhões de anos atrás até os dias atuais. Divide-se em dois grandes períodos: Terciário e Quaternário. Nela se definiram as formas dos continentes, surgiram as grandes cadeias montanhosas da Terra e se completaram as mais adiantadas formas de vida animal e vegetal. Foi quando surgiu a humanidade.
2) a) Na década de 1960 foi elaborada a teoria da expansão do fundo dos oceanos, comprovando que Wegener estava certo ao afirmar que a crosta terrestre estava dividida em"pedaços", isto é, em placas tectônicas.
b) América do Sul e África.
c) O perfeito encaixe entre a costa da África e a costa do Brasil e o fato de alguns animais e plantas existirem apenas nesses dois continentes.
d) Gondwana.
3) a) A crosta terrestre é a camada externa da Terra, tem aproximadamente 70 km de espessura e é formada de rochas e minerais. Composta de duas camadas - crosta continental e crosta oceânica, é muito importante, pois está em contato com a hidrosfera e a atmosfera, condição que contribuiu para a existência de vida em nosso planeta.
b) O aluno poderá responder que alguns vulcões, ao longo da história, provocaram milhares de mortes, como ocorreu com o Vesúvio (em 79 d.C, na Itália) e o Krakatoa, na Indonésia, em 1883. Por outro lado, as lavas e as cinzas, após se resfriarem, tornam férteis os solos.
c) O Brasil não apresenta nenhuma atividade vulcânica recente por estar no centro de uma placa tectônica e, portanto, afastado dos limites dessa placa. 

Um comentário:

Gerbson disse...

Gostei do conteúdo me ajudou muito a elabora uma atividade para meus alunos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...