21 de abril de 2016

Etapas do capitalismo

CAPITALISMO
Sistema econômico que se desenvolveu na Europa com a crise do feudalismo e se expandiu econômica e territorialmente pelo mundo a partir do século XVI. Desde então vem se transformando: passou por diversas etapas marcadas por características diferentes no que tange às relações de produção e de trabalho, às tecnologias empregadas e às doutrinas que orientam seu funcionamento. É também chamado de economia de mercado.

Capitalismo Comercial


Características
- Os locais  onde o capitalismo comercial mais se desenvolveu foram: cidades italianas de Gênova e Veneza, Espanha, Portugal, Alemanha, França, Inglaterra e Países Baixos;
 - Impulso comercial através das conquistas de territórios na África e América, principalmente por Portugal e Espanha. Estes países colonizaram e exploraram colônias, retirando recursos naturais (principalmente ouro). Um dos exemplos foi a exploração feita por Portugal em sua principal colônia, o Brasil;
 - Grande poder econômico, social e político da burguesia comercial;
 - Uso de mão de obra escrava de origem africana, principalmente nas colônias portuguesas e espanholas;
 - Mercantilismo: política econômica que priorizava o acúmulo primitivo de capital, metalismo (riqueza através de ouro e prata), protecionismo alfandegário, Pacto Colonial (relações comerciais exclusivas entre Metrópole e Colônia) e a balança comercial favorável (mais exportações do que importações);
- Desenvolvimento do sistema bancário que favoreceu o avanço do capitalismo comercial.

Capitalismo Industrial
 Características
 - Atividades industriais como principal fonte de negócio e lucros. Destaque para a indústria têxtil.
 - Concentração de renda nas mãos da burguesia industrial (grandes donos de indústrias);
 - Alta desigualdade social, pois os lucros ficavam quase integralmente com os donos de indústrias que pagavam salários muito baixos para os operários;
 - Evolução nos meios de produção com a invenção e uso de máquinas a vapor. Aumento da produção com custo mais baixo.
 - Uso do carvão como fonte de energia e ferro como principal matéria-prima;
 - Desenvolvimento de meios de transporte (locomotivas e navios a vapor) rápidos e de longas distâncias para atender a logística.
 - Uso nas indústrias de mão-de-obra assalariada;
 - Salários baixos, poucos direitos trabalhistas e exploração de mão de obra infantil. Grande parte dos operários vivia em péssimas condições sociais.
 - Êxodo rural - saída de trabalhadores do campo para buscar empregos nas indústrias das cidades;
 - Crescimento desordenado das cidades industriais europeias com piora na qualidade de vida e surgimento de problemas sociais;

Capitalismo Financeiro ou Monopolista
Características
- Forte presença, na primeira metade do século XX, de empresas (indústrias, comércios e finanças) monopolizadoras;
 - Integração do capital industrial ao bancário;
 - Busca de lucros expressivos no mercado financeiro, através da negociação de ações, moedas, derivativos e outros produtos financeiros;
 - Fortalecimento do sistema de empréstimos e financiamentos para aquisição de bens (imóveis, carros e outros produtos);
 - Fortalecimento das bolsas de valores;
 - Surgimento de empresas multinacionais (transnacionais);
 - Aumento da importância dos bancos na vida das empresas e pessoas. Dependência para pagar contas, obter empréstimos e financiamentos, investimentos e outras atividades financeiras.
 - Aumento da especulação financeira nos mercados;
 - Aumento dos lucros dos bancos, financeiras, corretoras de seguros e corretoras que operam com ações nas bolsas de valores;
 - Surgimento e valorização de profissões voltadas para o mercado financeiro;
 - Surgimento, uso e dependência de sistemas tecnológicos nas operações financeiras.

Capitalismo Informacional
Características:
- Grande importância dos sistemas de computadores, principalmente dos interligados através de redes como, por exemplo, a Internet.
 - Valorização das empresas que produzem conhecimentos atrelados ao desenvolvimento tecnológico (computadores, videogames, smartphones, notebooks, tablets, softwares, aplicativos, redes sociais, sistemas de buscas entre outros).
 - Uso de mão-de-obra especializada e qualificada. Valorização da mão-de-obra jovem com amplo conhecimento tecnológico e desenvolvimento criativo.
 - Surgimento e desenvolvimento de pequenas empresas especializadas em desenvolvimento de softwares e aplicativos. Estas empresas, em sua fase inicial, são conhecidas como startups.
 - Grande valorização da criatividade e de conhecimentos amplos dentro das empresas.
 - Valorização e aumento da produção e comercialização de produtos tecnológicos.

                                                        ETAPAS DO CAPITALISMO

Fonte: SENE, Eustáquio de&MOREIRA, João Carlos. Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização. Vol. 2. 2014.
UOL Educação Pesquisa Escolar
Sua Pesquisa.com



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...