8 de abril de 2020

Socialismo

O capitalismo foi profundamente criticado, principalmente a partir do século XIX, quando alguns pensadores propuseram um modo de produção totalmente diferente do sistema capitalista. Chamados socialistas científicos por alguns autores e materialistas históricos por outros, eles se opunham ao regime político e econômico da sociedade capitalista e propunham um novo sistema, que ficou conhecido como socialismo. Entre esses pensadores, destaca-se Karl Marx (1818-1883) e Friedrich Engels (1820-1895), que em 1848 publicaram sua primeira obra: O manifesto comunista. Mais tarde, Marx fez uma abrangente e profunda análise do capitalismo em sua obra mais importante: O capital (1867).

Essas ideias inspiraram a primeira revolução socialista da história: a Revolução Russa de 1917. Como consequência dessa revolução, foi criado, em 1822, o primeiro país socialista do mundo, a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), que compreendia, a princípio, áreas que pertenciam ao antigo Império Russo. Desde sua formação até a década de 1940, a União Soviética anexou outras áreas ao seu território, tornando-se o país mais extenso do mundo, com mais de 22.400.000 km². Observe o mapa abaixo.
Imagem: Reprodução
Após a revolução, instalou-se na União Soviética um governo totalitário, administrado pelo único partido legalizado do país, o Partido Comunista (PCUS), chamado por muito autores socialismo real e que acabou por tomar um rumo diferente dos ideais teóricos do socialismo científico. O Estado passou a ser o dono das terras, das minas de ouro e carvão, e de todos os meios de produção. A propriedade privada deixou de existir, assim como a livre concorrência de mercado e a lei da oferta e da procura. A economia se tornou planificada.

A economia planificada

Nesse tipo de economia, a produção e o consumo eram planejados. Não havia livre aplicação de capital nem busca de lucro. Tudo era rigorosamente planejado pelos burocratas, que visavam controlar o mercado.

Ao Estado cabia garantir os meios essenciais para uma sobrevivência decente¬ educação, saúde, aposentadoria, emprego. Essas garantias eram entendidas como uma forma de redistribuição da renda.

Havia um órgão central de planejamento que estabelecia as principais diretrizes econômicas do país por cinco anos ¬ o Gosplan. A atuação desse comitê foi mais centralizadora até meados da década de 1950, quando havia um planejamento em escala nacional, em cada república e em cada região das repúblicas. A execução desses planos ficava a cargo dos ministérios.

A produção industrial era controlada pelas Direções Gerais das Indústrias, que dividiam a produção em dois grupos: os trustes, grupos de integração de indústrias similares em determinada região; e os combinados, formados por indústrias que complementavam a produção umas das outras. Havia combinados químicos, metalúrgicos, entre outros.

Após a reforma agrária inicial do país foram adotados dois modelos coletivos de exploração agrária: os kolkhozes e os sovkhozes. Os kolkhozes eram cooperativas rurais onde os camponeses trabalhavam a terra. A produção dessas cooperativas era desenvolvida em terras de propriedade estatal cedidas para usufruto perpétuo e gratuito, com máquinas do Estado. Os sovkhozes eram fazendas agrícolas onde os camponeses trabalhavam para o Estado.

O mundo socialista

O socialismo não ficou restrito à União Soviética. Outras nações adotaram esse sistema, como você pode observar no mapa abaixo.
Imagem: Domínio público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=1535997

Imagem: Reprodução


Burocrata: nome dado aos dirigentes do Partido Comunista, na antiga União Soviética.
Governo totalitário: quando todos os aspectos da vida individual estão subordinados à autoridade de um governo.
Socialismo real: nome que recebeu o socialismo instaurado na União Soviética e nos países satélites. Foi chamado real porque era muito diferente do socialismo científico defendido por Marx.


Questões de revisão do conteúdo

1. Dentre os principais teóricos do socialismo científico, podemos destacar:
a) Thomas Morus e Charles Darwin
b) Karl Marx e Josef Stalin
c) Karl Marx e Friedrich Engels
d) Josef Stalin e Friedrich Engels
e) Josef Stalin e Mikhail Gorbachev

2.  “A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi formada em 1922 e nasceu da vitória dos bolcheviques, sob a liderança de Vladimir Lênin, na Revolução Russa de 1917. [...] Como Consequência da revolução, a economia passou por um processo forçado de estatização e planificação”.
SENE, E.; MOREIRA, J. C. Geografia: espaço geográfico e globalização. São Paulo: Scipione, 2011, p.185.

Sobre a economia planificada, é INCORRETO dizer que:

a) A lei da oferta e da procura é sua principal característica.
b) Não se admite a existência de iniciativas privadas.
c) A economia deve ser submetida a um rigoroso controle do Estado.
d) As metas de produção são definidas por planos elaborados pelo governo.
e) As políticas de planificação da economia entraram em crise no mundo socialista porque não foram capazes de acompanhar o ritmo da Revolução Técnico-científica

3. Assista o vídeo abaixo, fazendo pausas sempre que necessário. Destaque os pontos mais importantes sobre o sistema socialista.

Fonte: ALMEIDA, Lúcia Marina Alves de; RIGOLIN, Tércio Barbosa. Fronteiras da globalização. Vol. 2. São Paulo: Ática, 2017.

4 de abril de 2020

As regiões geoeconômicas

Na Geografia Regional brasileira, algumas regionalizações do espaço foram realizadas fora do âmbito administrativo, sem vínculo com o planejamento do governo. Entre elas destaca-se a regionalização que utiliza critérios geoeconômicos.

As regiões geoeconômicas
Imagem: Reprodução

O mapa das regiões geoeconômicas apresenta uma regionalização proposta pelo geógrafo brasileiro Pedro Pinchas Geiger, que considera as relações de convergência econômica e histórica entre áreas do território nacional, ou seja, tem por base os aspectos da economia e da formação histórica e regional.
Nessa regionalização, o Brasil apresenta-se dividido em três grandes conjuntos geoeconômicos: Amazônia, Nordeste e Centro-Sul. A Região Nordeste foi a mais dinâmica do início da colonização portuguesa na América, mas desde então perdeu continuamente sua participação na produção de riquezas. O Centro-Sul é a região de maior dinamismo econômico do Brasil atual, para onde convergem fluxos de capital, mercadoria e população. A Amazônia é a fronteira do capital ¬ uma região que demanda novas formas de organização da produção em razão do extenso domínio amazônico.

Fonte: SILVA, Angela Corrêa da; OLIC, Nelson Bacic; LOZANO, Ruy. Geografia: contextos e redes. Vol. 1. São Paulo: Moderna, 2016.

Pesquisa realizadas pelos alunos(as):

Regiões geoeconômicas do Brasil
Aluna: Eduarda A.  - 3° 2

2 de abril de 2020

Revisando o conteúdo - Capitalismo - 2° ano

Imagem: Reprodução
1) Marque a alternativa que informa corretamente sobre o surgimento do capitalismo no mundo.

a) O capitalismo  é o sistema econômico e social que surgiu na América durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se mais dominante a partir do século XVIII.
b) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na Europa durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.
c) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na África durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.
d) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na Ásia durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.

2) No século XVIII, teve início na Grã-Bretanha a chamada  Revolução Industrial, caracterizada pelo intenso uso de máquinas movidas a vapor, pela divisão de tarefas como resultado da especialização do trabalho e pelo emprego de mão de obra assalariada. Como consequência,  ocorreu um grande aumento da produção de mercadorias, o que multiplicou os lucros e elevou a concentração do capital. A indústria tornou-se a principal atividade econômica do sistema  capitalista. O desenvolvimento do capitalismo industrial fez ampliar ainda mais as trocas internacionais, já que o aumento da produção tornou necessária a busca de novos mercados consumidores de matérias-primas.

     Sobre o texto acima, é correto afirmar :

a)  A revolução industrial aumentou a produção de mercadorias, pela utilização de máquinas a vapor e especialização do trabalho, ampliando as trocas internacionais.
b) A revolução industrial diminuiu a utilização de matérias-primas devido à utilização de   máquinas a vapor e especialização do trabalho, ampliando as trocas internacionais.
c) A revolução industrial aumentou a renda da mão de obra assalariada, pelo aumento das trocas internacionais e especialização do trabalho.
d) A revolução industrial recebeu esse nome, pois revolucionou os processos de trocas de mercadorias, ampliando o mercado consumidor e  especializando o trabalho.

3) Assinale a alternativa que enumera as principais características do capitalismo :

a) Propriedade privada dos meios de produção; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; proibição do lucro.
b) Propriedade privada dos meios de produção ; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; lucro.
c) Propriedade pública dos meios de produção; economia de supermercado; lei da consulta e da procura ; gasto.
d) Propriedade pública dos meios de produção; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; lucro.

4) Se considerarmos o processo de desenvolvimento do capitalismo, podemos dizer que ele foi respectivamente:

a) industrial, financeiro, informacional e comercial
b) comercial, industrial, financeiro e informacional
c) liberal, industrial, informacional e comercial
d) financeiro, informacional,  imperialista e comercial

5) O capitalismo financeiro surgiu ao final do século XIX e início do século XX através da fusão entre capital industrial e capital bancário. Sobre a história e características dessa etapa do sistema capitalista, julgue os itens a seguir:

I. É o período da história do capitalismo em que as próprias ações das grandes empresas tornaram-se mercadorias, isto é, passaram a ser negociadas como produtos;
II. Nesse sistema, as empresas procuram assegurar a lei da livre concorrência para baratear os seus produtos e conquistar o mercado consumidor;
III. É a fase do capitalismo em que mais se ofereceram condições para a proliferação das empresas multinacionais;
IV. O capitalismo financeiro foi construído para combater a suposta ameaça socialista soviética no mundo.

São corretas as afirmativas:
a) I e II
b) I e III
c) II e IV
d) I, II e III

6) Com o advento da Terceira Revolução Industrial, também conhecida como Revolução Técnico-Científica ou Revolução Informacional, o capitalismo atinge sua fase informacional-global. Isso ocorre no pós-Segunda Guerra, sobretudo a partir dos anos 70 do século XX, com a expansão de empresas multinacionais e diversas tecnologias no espaço mundial.
(Adaptado de Moreira, J.C e Sene, E. Geografia do Ensino Médio, p. 174)

Sobre o assunto, é correto afirmar que

a) nessa fase do capitalismo, os países tornam-se cada vez mais vulneráveis aos interesses das grandes corporações internacionais, fato associado à crescente circulação de capitais, mercadorias, informações e pessoas, características importantes do processo de globalização.
b) a característica mais importante e fundamental dessa etapa do desenvolvimento capitalista é a crescente importância do conhecimento, fato que tem gerado maior interdependência entre os países e diminuído a desigualdade econômica e social entre as nações.
c) nessa fase  do capitalismo, ocorre uma verdadeira “guerra” nas bolsas de valores e mercados futuros em diversos países do mundo como também em outros setores econômicos. Este período é também caracterizado pela igualdade competitiva entre empresas de países pobres e ricos.
d) no capitalismo globalizado, a intensificação dos fluxos comerciais no espaço mundial é intensa e harmônica. Os produtos são transportados por enormes navios, trens, caminhões e aviões, que circulam por modernas e intricadas redes que cobrem grandes extensões da superfície terrestre.

7) Para Boligian e Alves, o capitalismo evoluiu como sistema econômico, mudando a organização da economia e da sociedade e interferindo na Divisão Internacional do Trabalho - DIT de acordo com as particularidades de cada momento histórico. Alguns aspectos fundamentais caracterizam o sistema capitalista desde suas etapas iniciais. A relação correta entre a etapa do capitalismo, uma importante característica e seu período histórico está corretamente expressa em:

a) Capitalismo Comercial - Liberalismo Econômico - séculos XVI e XVII
b) Capitalismo Industrial - Keynesianismo - final do século XVIII e início do século XIX
c) Capitalismo Industrial -–Mercantilismo -–séculos XVII e XVIII
d) Capitalismo Financeiro - Liberalismo Econômico - séculos XVIII e início do século XIX
e) Capitalismo Informacional - Neoliberalismo -  final do século XX e início do século XXI

8) (UFAM) “Como dispositivo de múltiplos usos, o telefone celular tem servido cada vez mais de suporte para convergência de mídia, potencialidade que o tem tornado alvo de investimentos por parte da indústria. Há previsões de que, em 2020, os dispositivos móveis serão o maior meio de acesso à internet.”
(RODRIGUES, Carla. Revista Galáxia, São Paulo, n. 20, 2010).

O contexto da citação acima se refere a uma das principais características do:
a) Capitalismo industrial.
b) Capitalismo financeiro.
c) Capitalismo informacional.
d) Capitalismo comercial.
e) Capitalismo da exploração.

9) As características abaixo, referem-se ao Capitalismo, exceto:

a) Predomínio de propriedade privada.
b) Socialização dos meios de produção.
c) Reprodução do capital.
d) Lógica do mercado: lei da oferta e da procura.
e)  Trabalho assalariado.

10) Podemos assinalar como característica do Mercantilismo:

a) O mercado é quem dirige a economia.
b) Lei da oferta e da procura.
c) Livre iniciativa.
d) Livre concorrência.
e) Intervenção estatal na vida econômica.

31 de março de 2020

Atividades dos alunos - março 2020 - 1° ano

As questões abaixo são referentes ao texto "As diferentes formas de conhecimento".

1. De acordo com o texto "As diferentes formas de conhecimento", o que entende-se por conhecimento.
1. Quais são as várias formas de conhecimento apresentadas no texto?
2. A Sociologia é uma disciplina científica que apresenta quais objetivos? Em que ela contribui para a compreensão da sociedade contemporânea?
3. O conhecimento do senso comum deve ser considerado um conhecimento equivocado, inferior ao conhecimento científico?
4. Elabore um mapa mental sobre o texto.

Aluna: Ingrid - 1° 1

30 de março de 2020

Atividades dos alunos - março 2020 - 3° ano

As atividades abaixo foram feitas pelos alunos(as) a partir da leitura e análise dos seguintes textos:

* Organização e divisão político-administrativa do Brasil
* A divisão regional do Brasil

1. Leia o texto abaixo, depois responda às questões.

Pará, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina receberam, no total, cinco municípios em 2013. Com os novos mapas municipais, o Brasil passa a ter 5570 municípios. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
[...]
A Constituição Federal e as estaduais dão autonomia a eles, regidos por uma Lei Orgânica aprovada por dois terços dos membros da Câmara Municipal. O chefe municipal é o prefeito, escolhido entre maiores de 21 anos para exercer mandato de quatro anos. As eleições são diretas e simultâneas.
O prefeito tem atribuições políticas e administrativas que se consolidam em atos do governo e se expressam no planejamento de atividades, obras e serviços municipais. Cabem ao prefeito, ainda, a apresentação, sanção, promulgação e o veto de proposições e projetos de lei.
[...]

BRASIL. Disponível em: <www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2013/06/cresce-numero-de-municipios-no-brasil-em-2013>

a) Você se recorda quem é o prefeito atual de sua cidade e o partido a que está filiado?
b) O que é Lei Orgânica de um município?

2. Faça as atividades propostas.
a) Defina região natural.
b) Defina região homogênea.
c) Diferencie os conceitos de região natural e região homogênea.

3. Destaque as principais mudanças realizadas na divisão regional do Brasil de 1970.

4. Analise a notícia publicada em uma revista mensal brasileira.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira que o Brasil já tem mais de 202 milhões de habitantes. E as grandes cidades são as responsáveis por acolher a maior parte desta enorme população - que é a quinta maior do mundo.
As 200 maiores cidades do país representam apenas 3,5% de todos os municípios brasileiros, mas concentram exatamente a metade do total de moradores do Brasil.
[...]
Chama atenção também o fato de que 17 cidades brasileiras têm mais de 1 milhão de habitantes. São Paulo é a única que têm mais de 10 milhões de moradores e lidera com folga o ranking.

EXAME. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/brasil/as-200-cidades-mais-populosas-do-brasil/>

Explicar o parágrafo sublinhado.

Respostas:


Aluna: Talita - 3° 2

Aluna: Eduarda A. - 3° 2