5 de maio de 2016

Questões sobre fusos horários

Fusos horários

Os fusos horários foram estabelecidos através da divisão da circunferência da Terra (360°) pelo tempo gasto durante o movimento de rotação, ou seja, que a Terra realiza um giro em torno do seu próprio eixo, sendo que são necessárias, aproximadamente, 24 horas (23 horas, 56 minutos e 4 segundos) para a realização desse movimento. Portanto, dividindo 360 por 24, temos o resultado de 15. Nesse sentido, dividiu-se a superfície do planeta em 24 fusos horários, cada um equivalendo a 15° da circunferência terrestre e tendo sua hora definida em relação ao meridiano de Greenwich, também chamado marco inicial (0°).

Exercícios sobre fusos horários

1) Uma família embarca em uma viagem às 14:00 horas, do dia 03 de março, de um ponto A (localizado a 30° O) com destino a B (localizado a 45° L). O tempo de voo é de 10 horas. Qual o dia e o horário de chegada da família ao ponto B?
a) 19 horas do dia 3 de março.
b) 5 horas do dia 4 de março.
c) 15 horas do dia 4 de março.
d) 23 horas do dia 3 de março.
e) 7 horas do dia 4 de março.

2) Um empresário necessita realizar duas reuniões, uma em A (45° L) e a outra em B (180°L). Ele embarca de C (60° O) às 13h  do dia 25 de abril. Após 10 horas de viagem, o empresário desembarca em A. O tempo gasto na reunião é de 7 horas e logo em seguida ele já estava no avião com destino a B. Considerando que a viagem de A a B leva 15 horas, responda:
a) Qual o horário e o dia de chegada do empresário em A?
b) Qual o horário e o dia de chegada do empresário em B?

3) Terremoto de 6,9 graus abala leste do Japão
Um terremoto de 6,9 graus de magnitude abalou a costa leste do Japão nesta quarta-feira, sem provocar alerta de tsunami, anunciou a agência sismológica japonesa.
O tremor, às 9h19min no horário local, ocorreu a 400 km de profundidade no oceano Pacífico, a cerca de 600 km ao sul de Tóquio, onde os prédios balançaram.
(Jornal Zero Hora, 03/09/2013.)
Sabendo que a região afetada pelo terremoto citado na reportagem acima se situa na longitude de 135º Leste, podemos dizer que, no horário de Brasília (45º Oeste), o incidente ocorreu às:
a) 07h19min do dia seguinte
b) 19h19min do dia anterior
c) 09h19min do dia anterior
d) 06h19min do dia seguinte
e) 21h19min do dia anterior

4) (UFCE-1999) Sobre o sistema de fusos horários, é verdadeiro afirmar que eles são 24, cada um deles:
(A) equivalendo a 15° de longitude.
(B) equivalendo a 10° de longitude.
(C) correspondendo a 10° de latitude.
(D) correspondendo a 15° de latitude.
(E) estabelecido segundo a linha do Equador.

5) Um time de futebol do estado de São Paulo (localizado no fuso 45° O) irá realizar uma partida em Boa Vista (60° O), capital de Roraima. A equipe irá embarcar às 14h e a viagem terá duração de 6 horas. Considerando o horário de Roraima, a que horas os jogadores de São Paulo desembarcarão em seu destino final:
a) 19h
b) 17h
c) 21h
d) 20h
e) 18h

6) (Mack-2004) Localizadas a Oeste de Greenwich, duas cidades, A e B, encontram-se, respectivamente, a 105° e 45°. Numa quarta-feira, um avião saiu de A às 14h30min e chegou a B depois de 5 horas de viagem. O horário de chegada em B foi:
a) 18h30min da quarta-feira.
b) 19h30min da quarta-feira.
c) 23h30min da quarta-feira.
d) 0h30min da quinta-feira.
e) 2h30min da quinta-feira.

7) Um avião sai de Porto Alegre, localizada a 45°O , às 12h do dia 20 com destino a Tóquio, localizada a 135°L. O vôo tem duração de 15 horas. Que horas e que dia o avião chegará a Tóquio?
a) 13h do dia 21.
b) 14h do dia 21.
c) 15h do dia 21.
d) 23h do dia 20.
e) 24h do dia 20.

8) Criada em 1884, essa linha imaginária foi fruto de uma convenção para designar a “hora inicial”, o ponto a partir do qual se medem os fusos horários e as coordenadas geográficas. Dessa forma, tudo o que se encontra a leste de sua localização tem horas e longitudes positivas e, consequentemente, tudo o que se encontra a oeste tem horas e longitudes negativas.
O texto acima faz referência:
a) à Linha do Equador
b) à Linha Internacional de Data
c) ao Trópico de Câncer
d) à Linha Internacional dos Fusos Horários
e) ao Meridiano de Greenwich

9) A linha imaginária considerada o marco 0° dos fusos horários é:
a) Linha do Equador
b) Trópico de Capricórnio
c) Meridiano de Greenwich
d) Trópico de Câncer

10) (PUC-MG) Ao dividir os 360 graus da esfera terrestre pelas 24 horas de duração do movimento de __________, o resultado é 15 graus. A cada 15 graus que a Terra gira, passa-se uma hora. Assim, cada uma das 24 divisões da Terra corresponde a um __________.
Para que o texto fique adequadamente preenchido, as lacunas devem ser completadas, respectivamente, por:
a) translação e meridiano.
b) translação e paralelo.
c) rotação e círculo.
d) rotação e fuso horário.


Respostas:
1)
30°+45°=75°÷15°=5 horas (5 fusos ou 5h é a diferença de fuso horário entre os dois pontos)
14h (hora do ponto A) +5h (diferença de fuso horário entre os dois pontos) =19h
19h (hora do pontoA)+10h (duração do vôo)= 29h = 5 horas do dia 4 de março.
Letra b.

2) a) Qual o horário e o dia de chegada do empresário em A?
Quando for 13h  em C (ponto de partida) será 20h em A (destino da viagem). Considerando que a viagem demore 10 horas, o empresário chegará a A às 6h  do dia 26 de abril. 

60°O+45°L=105°÷15=7(diferença de fuso horário entre C e A)
13h+7h=20h
20h+10h= 30h
30h-24h=6h do dia 26 de abril o empresário chega em A.

b) Qual o horário e o dia de chegada do empresário em B?
O empresário chegou a A às 06:00 do dia 26 de abril, e após 7 horas, embarcou com destino a B. Portanto, o empresário embarcou às 13:00 horas no avião com destino a B (180° O).
Quando o viajante embarcar às 13:00 horas no voo no ponto A (45°), já serão 22:00 horas no ponto B (180 °L). Considerando que a viagem demore 15 horas, o empresário desembarcará em B (180° L) às 13:00 do dia 27 de abril.

180°L-45°L=135°÷15=9 (diferença de fuso horário entre A e B)
6h+7h=13h
13h+9h=22h (no local B)
22h+15h (duração do vôo)=37h-24h= 13 horas do dia 27 de abril o empresário chega em B.

3) 135°+45°=180°÷15=12 (diferença de fuso horário entre Tóquio e Brasília)
9h19min-12h=-3h19min
24h-3h19min=21h19min do dia anterior.
Letra e.
4) Letra a.
5)
60°O-45°O=15°O÷15=1h (diferença de fuso horário)
14h-1h=13h
13h(hora de Roraima)+6h(duração do vôo)=19h
Letra a.
6) 
105°O-45°O=60°÷15=4h (diferença de fuso horário entre A e B)
14h30min (hora do local A)+4h(diferença de fuso horário entre os dois lugares)=18h30min (hora do local B)
18h30min (hora do local B)+ 5h(duração da viagem)= 23h30min (hora da chegada em B)
Letra c.
7)
45°+135°=180°÷15=12h
12h(hora de Porto Alegre)+12h(diferença de fuso horário entre Porto Alegre e Tóquio)=24h ou 0h
0h+15h(duração do vôo)= 15h do dia seguinte (21).
Letra c.
8) Letra e.
9) Letra c.
10) Letra d.

Fonte: Exercícios Brasil Escola, Exercícios Mundo Educação, Geografalando, Geo-Conceição.





1 de maio de 2016

Questões sobre Capitalismo

1) Marque a alternativa que informa corretamente sobre o surgimento do capitalismo no mundo.
a) O capitalismo  é o sistema econômico e social que surgiu na América durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se mais dominante a partir do século XVIII.
b) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na Europa durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.
c) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na África durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.
d) O capitalismo é o sistema econômico e social que surgiu na Ásia durante a Idade Média, entre os séculos XI e XV. Lentamente, ele se sobrepôs a outro sistema de produção, o feudalismo, tornando-se predominante a partir do século XVIII.

2) No sistema capitalista, a sociedade é marcada pela "tensão" entre duas classes sociais : a burguesia e o proletariado.  Marque a alternativa correta .
a) A burguesia detém os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já o proletariado (os trabalhadores), por não possuir os meios de produção, vende sua força de trabalho.
b)  O proletariado detém os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já a burguesia (os trabalhadores), por não possuir os meios de produção, vende sua força de trabalho.
c) O proletariado é  refém os meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já a burguesia, por não possuir os meios de produção, prende a  sua força de trabalho.
d) A burguesia é refém do proletariado, com seus  meios de produção (máquinas e equipamentos, matérias-primas, terras) necessários à produção de bens e mercadorias. Já o proletariado (os trabalhadores), por possuir os meios de produção, vende sua força de trabalho.

3) No século XVIII, teve início na Grã-Bretanha a chamada  Revolução Industrial, caracterizada pelo intenso uso de máquinas movidas a vapor, pela divisão de tarefas como resultado da especialização do trabalho e pelo emprego de mão-de-obra assalariada. Como consequência,  ocorreu um grande aumento da produção de mercadorias, o que multiplicou os lucros e elevou a concentração do capital. A indústria tornou-se a principal atividade econômica do sistema  capitalista. O desenvolvimento do capitalismo industrial fez ampliar ainda mais as trocas internacionais, já que o aumento da produção tornou necessária a busca de novos mercados consumidores de matérias-primas.
     Sobre o texto acima, é correto afirmar :
a)  A revolução industrial aumentou a produção de mercadorias, pela utilização de máquinas a vapor e especialização do trabalho, ampliando as trocas internacionais.
b) A revolução industrial diminuiu a utilização de matérias-primas devido à utilização de   máquinas a vapor e especialização do trabalho, ampliando as trocas internacionais.
c) A revolução industrial aumentou a renda da mão-de-obra assalariada, pelo aumento das trocas internacionais e especialização do trabalho.
d) A revolução industrial recebeu esse nome, pois revolucionou os processos de trocas de mercadorias, ampliando o mercado consumidor e  especializando o trabalho.

4) Assinale a alternativa que enumera as principais características do capitalismo :
a) Propriedade privada dos meios de produção; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; proibição do lucro.
b) Propriedade privada dos meios de produção ; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; lucro.
c) Propriedade pública dos meios de produção; economia de supermercado; lei da consulta e da procura ; gasto.
d) Propriedade pública dos meios de produção; economia de mercado; lei da oferta e da procura ; lucro.

5) Assinale a alternativa que apresenta uma afirmação incorreta:
a) A burguesia é uma classe social que possui a propriedade dos meios de produção.
b) O sistema socialista ou de economia planificada é adotado atualmente por um número cada vez maior de países.
c) Na fase do capitalismo financeiro ocorrem crises que levam o Estado a intervir na economia.
d) O proletariado vende sua força de trabalho para a burguesia em troca de um salário.

6) Se considerarmos o processo de desenvolvimento do capitalismo, podemos dizer que ele foi respectivamente:
a) industrial, financeiro, informacional e comercial
b) comercial, industrial, financeiro e informacional
c) liberal, industrial, informacional e comercial
d) financeiro, informacional,  imperialista e comercial

7) Leia a notícia a seguir e assinale a alternativa correta.

Microsoft compra divisão de celulares da Nokia por cerca de R$ 17 bilhões
A Microsoft anunciou, no fim da noite de segunda-feira (2), que fechou a compra da divisão de aparelhos celulares da Nokia, além de patentes, por € 5,44 bilhões (aproximadamente R$ 17 bilhões), num momento em que as duas empresas lutam para recuperar a relevância no mercado de tecnologia [...].O negócio põe nas mãos da Microsoft o fabricante mais relevante dos aparelhos que equipam seu sistema operacional para dispositivos móveis, o Windows Phone. As empresas iniciaram, em fevereiro de 2011, parcerias em telefones celulares [...].
A expectativa das empresas é que o negócio esteja concluído no primeiro trimestre de 2014. O acordo depende da aprovação dos acionistas e de órgãos de defesa da concorrência.
 Nokia, empresa de 148 anos, passa a se resumir, agora, basicamente a uma empresa de equipamentos de telecomunicações.
O negócio entre Microsoft e Nokia não é o primeiro a envolver um gigante da tecnologia e um fabricante de celulares. Em 2011, o Google anunciou a aquisição da Motorola Mobility, numa estratégia de impulsionar o uso de seu sistema operacional Android.
Folha de São Paulo, 03/09/2013.

O texto acima reflete uma das principais características do Capitalismo Financeiro, que é:
a) divisão de tarefas e atribuições entre diferentes empresas, a fim de dinamizar a economia e gerar empregos.
b) união voluntária entre duas empresas de ramos diferentes a fim de expandir o mercado consumidor.
c) fusão entre empresas, a fim de ampliar a produção e ampliar o alcance produtivo, prática conhecida como truste.
d) renovação do sistema produtivo, em que uma empresa compra outra a fim de abandonar o seu tipo de produto e ingressar em um novo ramo da economia.

8) O capitalismo financeiro surgiu ao final do século XIX e início do século XX através da fusão entre capital industrial e capital bancário. Sobre a história e características dessa etapa do sistema capitalista, julgue os itens a seguir:
I. É o período da história do capitalismo em que as próprias ações das grandes empresas tornaram-se mercadorias, isto é, passaram a ser negociadas como produtos;
II. Nesse sistema, as empresas procuram assegurar a lei da livre concorrência para baratear os seus produtos e conquistar o mercado consumidor;
III. É a fase do capitalismo em que mais se ofereceram condições para a proliferação das empresas multinacionais;
IV. O capitalismo financeiro foi construído para combater a suposta ameaça socialista soviética no mundo.
São corretas as afirmativas:
a) I e II
b) I e III
c) II e IV
d) I, II e III

9)Assinale a alternativa que melhor representa a Divisão Internacional do Trabalho (DIT) no Capitalismo Financeiro.

10) Com o advento da Terceira Revolução Industrial, também conhecida como Revolução Técnico-Científica ou Revolução Informacional, o capitalismo atinge sua fase informacional-global. Isso ocorre no pós-Segunda Guerra, sobretudo a partir dos anos 70 do século XX, com a expansão de empresas multinacionais e diversas tecnologias no espaço mundial.
(Adaptado de Moreira, J.C e Sene, E. Geografia do Ensino Médio, p. 174)
Sobre o assunto, é correto afirmar que
a) nessa fase do capitalismo, os países tornam-se cada vez mais vulneráveis aos interesses das grandes corporações internacionais, fato associado à crescente circulação de capitais, mercadorias, informações e pessoas, características importantes do processo de globalização.
b) a característica mais importante e fundamental dessa etapa do desenvolvimento capitalista é a crescente importância do conhecimento, fato que tem gerado maior interdependência entre os países e diminuído a desigualdade econômica e social entre as nações.
c) nessa fase  do capitalismo, ocorre uma verdadeira “guerra” nas bolsas de valores e mercados futuros em diversos países do mundo como também em outros setores econômicos. Este período é também caracterizado pela igualdade competitiva entre empresas de países pobres e ricos.
d) no capitalismo globalizado, a intensificação dos fluxos comerciais no espaço mundial é intensa e harmônica. Os produtos são transportados por enormes navios, trens, caminhões e aviões, que circulam por modernas e intricadas redes que cobrem grandes extensões da superfície terrestre.

11)(UNEP) A propósito do conceito de Guerra Fria, aplicado às relações internacionais após a Segunda Guerra Mundial, assinale a alternativa correta.
a) Trata da rivalidade entre blocos capitalistas e socialistas  liderados, respectivamente, pelos EUA e pela URSS.
b) Indica as lutas travadas pelo povo iraniano contra a dinastia Pahlevi.
c) Aplica-se ao contexto de guerras pela independência nacional, ocorridas na Ásia e na África.
d) Explica o desenvolvimento de blocos econômicos em disputa, a saber: o Comecon e o MCE.
e) Contempla as disputas diplomáticas entre árabes e israelenses pela posse da península do Sinai.

12) Para Boligian e Alves (2011), o capitalismo evoluiu como sistema econômico, mudando a organização da economia e da sociedade e interferindo na Divisão Internacional do Trabalho - DIT de acordo com as particularidades de cada momento histórico. Alguns aspectos fundamentais caracterizam o sistema capitalista desde suas etapas iniciais. A relação correta entre a etapa do capitalismo, uma importante característica e seu período histórico está corretamente expressa em:
a) Capitalismo Comercial - Liberalismo Econômico - séculos XVI e XVII
b) Capitalismo Industrial - Keynesianismo - final do século XVIII e início do século XIX
c) Capitalismo Industrial -–Mercantilismo -–séculos XVII e XVIII
d) Capitalismo Financeiro - Liberalismo Econômico - séculos XVIII e início do século XIX
e) Capitalismo Informacional - Neoliberalismo -  final do século XX e início do século XXI

13) (UFAM) “Como dispositivo de múltiplos usos, o telefone celular tem servido cada vez mais de suporte para convergência de mídia, potencialidade que o tem tornado alvo de investimentos por parte da indústria. Há previsões de que, em 2020, os dispositivos móveis serão o maior meio de acesso à internet.”
(RODRIGUES, Carla. Revista Galáxia, São Paulo, n. 20, 2010).
O contexto da citação acima se refere a uma das principais características do:
a) Capitalismo industrial.
b) Capitalismo financeiro.
c) Capitalismo informacional.
d) Capitalismo comercial.
e) Capitalismo da exploração.

14) (Pucrio) A Internet surgiu da aliança entre informática e telecomunicações. Sua expansão tem sido muito rápida: 25 milhões de internautas em 1990 e aproximadamente 500 milhões em 2002.
A Internet abre novas fronteiras devido às numerosas funções que ela exerce. Entre essas novas funções temos, EXCETO:
a) correio eletrônico;
b) banco de dados;
c) trabalho à distância;
d) telecomércio;
e) teletransporte.

15) (UNEB) O século XX passou para a História como um dos mais importantes no processo de desenvolvimento dos meios de comunicação e de informação. A “revolução” ocorrida foi extraordinária, sem precedentes, e mudou radicalmente o estilo de vida das pessoas.
Em relação aos efeitos desse fenômeno, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas.
(    ) O exercício da liberdade, as ações sociais e as atividades comerciais se modificaram de forma homogênea nos continentes.
(    ) O sistema de comunicação se tornou um valioso instrumento político.
(   ) O Estado, que, inicialmente, via a internet como um “templo para amadores”, passou a considerá-la um serviço de utilidade pública.
(   ) A importância e a diversificação dos meios de comunicação impuseram uma única legislação, dirigida aos crimes virtuais, para todos os países.
(    ) A banalização da violência, na sociedade atual, se constitui uma das consequências do “mundo de fantasia” criado pela televisão.
A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a
a) FVFVV
b) FVVFV
c) VFVFF
d) FFVFV
e) VFFVF

16) As características abaixo, referem-se ao Capitalismo, exceto:
a) Predomínio de propriedade privada.
b) Socialização dos meios de produção.
c) Reprodução do capital.
d) Lógica do mercado: lei da oferta e da procura.
e)  Trabalho assalariado.

17) No plano político, deu-se o declínio do poder feudal e a centralização do poder nas mãos dos reis, surgindo as monarquias absolutistas com caráter nacional, que por sua vez deram origem às nações e aos Estados centralizados a partir do século XV. Estamos referindo-nos ao:
a) Capitalismo mercantilista.
b) Capitalismo liberal.
c) Capitalismo keynesiano.
d) Capitalismo neoliberal.
e) Capitalismo industrial

18) Podemos assinalar como característica do Mercantilismo:
a) O mercado é quem dirige a economia.
b) Lei da oferta e da procura.
c) Livre iniciativa.
d) Livre concorrência.
e) Intervenção estatal na vida econômica.

19) No início do século XX, o estrondoso aumento da produção propiciado pela tecnologia não encontrou mercado consumidor correspondente, e não havia uma política de exportações favorável. Ocorreu também grande especulação financeira que,somados, resultou em vertiginosa queda nos preços. O acontecimento ligado a estas características, no âmbito do Capitalismo, foi:
a) A guerra Franco-Prussiana.
b) A Primeira Guerra Mundial.
c) A Segunda Guerra Mundial.
d) A Revolução Russa.
e) A quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque.

20) "Foi uma reação teórica e veemente contra o Estado dobem-estar. Seu texto de origem é "O caminho da servidão", de Friedrich Hayek, escrito em 1944. Trata-se de um ataque apaixonado contra qualquer limitação dos mecanismos de mercado por parte do Estado [...]".
(ANDERSON, Perry. Balanço do Neoliberalismo).
O neoliberalismo é uma doutrina econômica que se opõe ao:
a) Liberalismo.
b) Xintoísmo.
c) Keynesianismo.
d) Monopolismo.
e) Livre cambismo.

21) A partir do final do século XIX, período conhecido como Segunda Revolução Industrial e Tecnológica, a fase da livre-concorrência ficava para trás e o Capitalismo tornava-se cada vez menos competitivo e mais monopolista. Podemos nos referir a essa fase como:
a) Capitalismo mercantilista.
b) Capitalismo comercial.
c) Capitalismo liberal.
d) Capitalismo financeiro.
e) Capitalismo neoliberal.

22) Nos séculos XVIII e XIX, o capitalismo florescia na forma de pequenas e numerosas empresas que competiam por uma fatia de mercado. Sobre as características do liberalismo, todas as alternativas estão corretas, exceto:
a) O mercado deve ser regido por livre concorrência.
b) Baseia-se na lei da oferta e da procura.
c) O Estado não deveria intervir na economia.
d) O Estado era o grande gestor da economia.
e) Predominava a doutrina de Adam Smith (1723-1790).

23) (UNI-RIO) Algumas empresas de países capitalistas buscam acordo entre si visando a controlar a produção e,principalmente, os preços no mercado. A esse tipo de integração denominamos:
a) truste.
b) cartel.
c) "holding".
d) "pool".
e) Conglomerados

24) "O neoliberalismo dos tempos d a globalização do capitalismo retoma e desenvolve os princípios que se haviam formulado e posto em prática com o liberalismo ou a doutrina da mão invisível, a partir do século XVIII. Mas o que distingue o neoliberalismo pode ser o fato de que ele diz respeito à vigência e generalização das forças de mercado capitalista em âmbito global." Otávio Ianni.
Sobre o Neoliberalismo podemos afirmar, EXCETO:
a) O Neoliberalismo surgiu logo depois da Segunda Guerra Mundial, na Europa e nos Estados Unidos, onde o Capitalismo era hegemônico.
b) Para os neoliberais, o Estado deve reduzir sua intervenção na economia, por meio da criação de leis e órgãos reguladores.
c) O Neoliberalismo desloca as possibilidades de soberania para as organizações, corporações e outras entidades de âmbito global.
d) O Neoliberalismo é uma forma avançada do Estado do Bem-Estar Social (Welfare State), porque tem como um de seus princípios o incremento de políticas sociais.
e) Essa doutrina surge numa tentativa de ajustar o liberalismo econômico as condições do capitalismo financeiro monopolista.

25) Fruto de uma aceleração capitalista, num ritmo jamais visto, a globalização está provocando a(o):
a) Melhor distribuição da riqueza entre os países do globo, aumentando assim o poder de compra da população mundial.
b) Complementaridade da produção entre fábricas e montadoras espalhadas pelo mundo, fazendo com que os sindicatos tenham maior poder de barganha frente aos empresários.
c) Reorganização dos Estados Nacionais, com o aumento das interferências dos poderes públicos na economia.
d) Domínio do mundo pelas grandes corporações, que estão decidindo o que, como, quando e onde produzir os bens e serviços utilizados pelos seres humanos.
e) Avanço da tecnologia e a expansão de vários postos de trabalho nos países desenvolvidos.

26) Assinale a afirmativa CORRETA em relação ao processo de colonização e descolonização da África e Ásia, realizado pelas principais potências mundiais, nos séculos XIX e XX.
a) O término do Apartheid, na África do Sul, só foi possível pela derrota dos exércitos ingleses na Guerra Ópio.
b) O fim da escravidão, apesar de ser fundamental para a implantação do capitalismo na África, só ocorreu quando o MPLA (Movimento pela Libertação de Angola) tomou o poder em Angola.
c) A conquista colonial teve a finalidade de transformar a África e a Ásia em fornecedores de matérias-primas e consumidores de produtos industriais das potências.
d) O Japão foi o asiático que mais se beneficiou das colônias conquistadas na África, pois n elas instalou o seu excedente populacional, entre outros benefícios.
e) A chamada partilha da África foi conseqüência direta do Tratado de Paz de Versalhes, firmado entre os vencedores e os perdedores da 1ª Guerra Mundial.

27) (VUNESP) No fim da década de 80 e início dos anos 90 a bipolaridade mundial declinou; da
polaridade ideológica e militar leste/oeste passou-se para a econômica e política norte/sul.
Isto significa dizer que atualmente há oposição entre:
a) o oeste rico e industrializado e o leste pobre e agrário;
b) o oeste pobre e agrário e o sul rico e muito industrializado;
c) o leste pobre e agrário e o norte rico e industrializado;
d) o sul rico e industrializado e o norte pobre e agrário;
e) o norte rico e industrializado e o sul pobre e em processo de industrialização.

28) A introdução de novas tecnologias desencadeou uma série de efeitos sociais que afetaram
os trabalhadores e sua organização. O uso de novas tecnologias trouxe a diminuição do
trabalho necessário que se traduz na economia líquida do tempo de trabalho, uma vez que,
com a presença da automação microeletrônica, começou a ocorrer a diminuição dos coletivos
operários e uma mudança na organização dos processos de trabalho. (Revista Eletrônica de
Geografia Y Ciências Sociales. Universidad de Barcelona).
A utilização de novas tecnologias tem causado inúmeras alterações no mundo do trabalho.
Essas mudanças são observadas em um modelo de produção caracterizado
a) pelo uso intensivo do trabalho manual para desenvolver produtos autênticos e
personalizados.
b) pelo ingresso tardio das mulheres no mercado de trabalho no setor industrial.
c) pela participação ativa das empresas e dos próprios trabalhadores no processo de
qualificação laboral.
d) pelo aumento na oferta de vagas para trabalhadores especializados em funções repetitivas.
e) pela manutenção de estoques de larga escala em função da alta produtividade.

29) Estamos testemunhando o reverso da tendência histórica da assalariação do trabalho e
socialização da produção, que foi característica predominante na era industrial. A nova
organização social e econômica baseada nas tecnologias da informação visa à administração
descentralizadora, ao trabalho individualizante e aos mercados personalizados. As novas
tecnologias da informação possibilitam, ao mesmo tempo, a descentralização das tarefas e sua
coordenação em uma rede interativa de comunicação em tempo real, seja entre continentes,
seja entre os andares de um mesmo edifício. (CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo:
Paz e Terra, 2006 (adaptado).
No contexto descrito, as sociedades vivenciam mudanças constantes nas ferramentas de
comunicação que afetam os processos produtivos nas empresas. Na esfera do trabalho, tais
mudanças têm provocado
a) o aprofundamento dos vínculos dos operários com as linhas de montagem sob influência
dos modelos orientais de gestão.
b) o aumento das formas de teletrabalho como solução de larga escala para o problema do
desemprego crônico.
c) o avanço do trabalho flexível e da terceirização como respostas às demandas por inovação
e com vistas à mobilidade dos investimentos.
d) a autonomização crescente das máquinas e computadores em substituição ao trabalho dos
especialistas técnicos e gestores.
e) o fortalecimento do diálogo entre operários, gerentes, executivos e clientes com a garantia
de harmonização das relações de trabalho. 

Respostas:
1-b, 2-a, 3-a, 4-b, 5-b, 6-b, 7-c, 8-b, 9-d, 10-a, 11-a, 12-e, 13-c, 14-e, 15-b, 16-b, 17-a, 18-e, 19-e, 20-c, 21-d, 22-d, 23-b, 24-d, 25-d, 26-c, 27-e, 28-c, 29-c.

Fonte: Enem virtual, Geografia Newton Almeida, Exercícios Brasil Escola, Vivendo a Geografia, Cantinho+Saber, GeoConceição, Geografia - Pré-Vestibular, Tiberio Geo, Colégio Santa Rosa - material do professor Carlos Ferreira.

26 de abril de 2016

Exercícios sobre a questão do trabalho em Marx, Weber e Durkheim

Trabalho e sociedade: explicando as bases da sociedade de classes
A questão do trabalho em Marx, Weber e Durkheim

Para a Sociologia, a vida cotidiana é marcada profundamente pela maneira como as relações de trabalho se apresentam em determinado momento histórico.
Karl Marx, Max Weber e Émile Durkheim dedicaram uma parte central de suas teorias à reflexão sobre o mundo do trabalho capitalista. De formas diferentes, esses expoentes do pensamento socioeconômico elaboraram análises que ainda hoje ajudam a compreender a sociedade em que vivemos.

1) Quais são os três elementos que Karl Marx identifica no processo de trabalho?
Marx identifica três elementos no processo de trabalho: a força de trabalho (o potencial humano), o objeto de trabalho (aquilo que será modificado pela atividade humana) e o meio de trabalho (os instrumentos utilizados para produzir ou mesmo o espaço onde se produz).

2) Segundo Marx, o principal mecanismo utilizado pelos donos dos meios de produção para se obter lucro é a mais-valia. Como isso acontece?
A mais-valia é o excedente de valor obtido pela exploração do trabalho. Como isso acontece? A transformação de uma matéria-prima agrega valor ao produto. O trabalho por si só gera valor. A força de trabalho, sendo pensada como uma mercadoria, que pode ser vendida e comprada, quando empregada na transformação de um objeto de trabalho, acrescenta valor ao produto. Esse valor que é acrescido ao produto, no entanto, não é repassado ao trabalhador, mas é apropriado pelos donos dos meios de produção.

3) Quais são as duas formas de se obter a mais-valia?
Há duas formas de se obter a mais-valia. A primeira está relacionada ao aumento de horas trabalhadas, o que permite ao burguês se apropriar do aumento de riqueza gerada pelo proletariado, já que ele passa mais tempo trabalhando e aumenta a produção. Essa é a mais-valia absoluta.
A segunda forma é aquela que deriva da incorporação de tecnologia ou de organização do trabalho que aumenta a produtividade do trabalhador. Ele não tem a sua jornada de trabalho aumentada, mas produz mais riqueza no mesmo período de tempo. Essa é a mais-valia relativa.

4) Para Marx, como acontece a exploração do trabalhador?
Para Marx, a exploração do trabalhador começa com a expropriação dos meios de produção sofrida por ele. Do processo de trabalho no qual os homens coletivamente transformam e produzem restou ao trabalhador  somente a força de trabalho, que é vendida ao capitalista como uma mercadoria. O proletariado é explorado pela burguesia quando esta se apropria do excedente da produção, o que configura uma forma de desigualdade social.

5) Max Weber ao analisar o tema trabalho partiu de pontos de vista diferente ao de Karl Marx. Explique a visão religiosa de Weber sobre o trabalho.
Para Weber o capitalismo industrial tem a sua origem na ideologia puritana e calvinista.
Havia presença muito significativa de protestantes entre os empresários e os trabalhadores qualificados nos países capitalistas mais industrializados. Weber imaginou que deveria existir uma relação entre  certos valores calvinistas e protestantes e a origem do capitalismo moderno.
apontando as conexões entre as mudanças na esfera religiosa e as transformações na economia - o que Max Weber chama de espírito do capitalismo - haveria uma associação entre trabalho  e a possibilidade  de salvação espiritual.

6) Como Weber explica a existência de ricos e pobres?
Weber afirma que, para os protestantes, é a partir do sucesso profissional que o indivíduo recebe a indicação da salvação: o sucesso do seu trabalho é o sinal divino de que a pessoa será salva. Com isso "explicaria" a existência de ricos e de pobres, os ricos seriam, então, disciplinados e imbuídos de espírito empreendedor, ao passo que os pobres se deixariam levar pela imprevidência e pela preguiça, motivo pelo qual não teriam prosperado. Assim, Deus abençoaria seus escolhidos por meio do sucesso do seu trabalho.

7) Émile Durkheim argumenta que o trabalho representa uma esfera primordial para a existência da solidariedade em uma comunidade. Explique o que isso significa.
Durkheim argumenta que a intensa Divisão Social do Trabalho se consolida como um dos fatores que possibilitam a existência de coesão social.
O trabalho representa uma esfera primordial para a existência da solidariedade em uma comunidade. Diferentemente do senso comum, que costuma definir tal conceito como sinônimo para ações altruístas, Durkheim desenvolve a ideia que representa todo tipo de elemento ou característica que explica a harmonia entre os indivíduos de uma sociedade.

8) Quais os dois tipos de solidariedade gerada pela especialização da divisão do trabalho?
A solidariedade mecânica é típica das sociedades pré-capitalistas, nas quais a coesão social se constrói a partir da forte identificação dos indivíduos com as tradições e costumes culturais da comunidade, pois a divisão do trabalho pouco influencia nas relações. Nesses casos, a consciência coletiva produz intenso poder de coerção nas ações individuais.
A solidariedade orgânica existe nas sociedades capitalistas, caracterizadas pelo alto grau de divisão do trabalho e maior heterogeneidade cultural. A grande diversidade de funções e trabalhos produzidas nessas sociedades faz com que se fortaleça a interdependência entre seus integrantes.

Fonte: Vários autores. Sociologia em movimento. 1 ed. São Paulo, Moderna, 2013.

21 de abril de 2016

Etapas do capitalismo

CAPITALISMO

Sistema econômico que se desenvolveu na Europa com a crise do feudalismo e se expandiu econômica e territorialmente pelo mundo a partir do século XVI. Desde então vem se transformando: passou por diversas etapas marcadas por características diferentes no que tange às relações de produção e de trabalho, às tecnologias empregadas e às doutrinas que orientam seu funcionamento. É também chamado de economia de mercado.

ETAPAS DO CAPITALISMO
COMERCIAL

DOUTRINA ECONÔMICA 
MERCANTILISMO
Surgiu com os Estados nacionais absolutistas e vigorou durante o capitalismo comercial. Defendia o protecionismo e a intervenção do Estado na economia. Seus objetivos principais: fortalecer o Estado e aumentar a riqueza nacional por meio do acúmulo de metais preciosos (ouro e prata) e da obtenção de superavit comerciais. Para seus teóricos, a riqueza vinha do comércio (circulação).
TEÓRICOS
Thomas Mun ( 1571-1641).
Jean-Baptiste Colbert ( 1619-1683).
POTÊNCIAS
Portugal, Espanha, Inglaterra, França e Holanda.
PROCESSOS/FATOS MARCANTES
* Grandes Navegações (expansão marítima europeia).
* Colonialismo: partilha e exploração da América; comércio com a Ásia e África.
* Mundialização do comércio.
* Utilização do trabalho escravo na América.
* Acumulação primitiva de capitais na Europa.


INDUSTRIAL

DOUTRINA ECONÔMICA
LIBERALISMO ECONÔMICO
Criticava  o absolutismo e o mercantilismo; defendia, no plano político, a democracia representativa, a independência dos três poderes e a liberdade do indivíduo, e, no econômico, o direito à propriedade, a livre-iniciativa e a concorrência. Era contra a intervenção do Estado na economia e favorável à livre ação das forças do mercado. Para seus teóricos, a riqueza vinha da indústria (produção).
TEÓRICOS
Adam Smith (1723-1790)
David Ricardo (1772-1823)
POTÊNCIAS
Grã-Bretanha, Estados Unidos, França, Alemanha e Japão.
PROCESSOS/FATOS MARCANTES
* Independência dos Estados Unidos.
* Ocupação da África: interiorização.
* Primeira Revolução Industrial.
* Aperfeiçoamento da máquina à vapor por James Watt.
* Utilização do carvão mineral.
* Indústrias inovadoras: têxtil, siderúrgica e naval.
* Disseminação do trabalho assalariado.


FINANCEIRO

DOUTRINA ECONÔMICA
KEYNESIANISMO
Criticava o pensamento econômico clássico e o princípio da "mão invisível", do suposto equilíbrio espontâneo do mercado, por isso defendia a intervenção do Estado na economia para evitar crises de superprodução, como a de 1929. Propunha o aumento dos gastos públicos como mecanismo para estimular o crescimento econômico e a geração de empregos.
O que é "mão invisível" do mercado?
Sabemos que o capitalismo não é um sistema perfeito, existem várias falhas de mercado. Se essas falhas não existissem, não haveria problemas de monopólio ou superprodução. O liberalismo afirma que o mercado já possui mecanismos que são capazes de regular e corrigir essas falhas. Ora, se o mercado já possui esses mecanismos, qual a função do Estado na economia? É justamente esse o pensamento dos liberalistas: a não-intervenção do Estado na economia. Na verdade, o Estado deveria exercer apenas duas funções: cumprir os contratos e garantir a propriedade privada
TEÓRICOS
John M. Keynes ( 1883-1946).
Joan Robinson ( 1903-1983).
POTÊNCIAS
Estados Unidos, Alemanha, Japão, Grã-Bretanha e França.
PROCESSOS/FATOS MARCANTES
* Independência do Brasil.
* Imperialismo: partilha e exploração das colônias africanas e asiáticas entre as potências europeias.
* Segunda Revolução Industrial.
* Primeira Guerra Mundial (1914/1918).
* Crise econômica mundial (1929).
* Segunda Guerra Mundial (1939/1945).
* Utilização do petróleo e da eletricidade.
* Indústrias inovadoras: petroquímica, elétrica e automobilística.
* Expansão mundial do processo de industrialização.
* Monopólios e oligopólios.


INFORMACIONAL

DOUTRINA ECONÔMICA
NEOLIBERALISMO
Busca aplicar os princípios do liberalismo clássico ao capitalismo atual. Diversamente daqueles, os teóricos neoliberais não crêem na regulação espontânea do sistema. Visando disciplinar a economia de mercado, aceitam uma intervenção mínima do Estado para assegurar a estabilidade monetária e a livre concorrência. Também defendem a abertura econômica/financeira e a privatização das empresas estatais.
TEÓRICOS
Alexander Rüstow (1885-1963)
Milton Friedman (1912-2004)
POTÊNCIAS
Estados Unidos
China
Japão
Alemanha
França
Grã-Bretanha
PROCESSOS/FATOS MARCANTES
* Globalização: expansão de capitais produtivos e especulativos.
* Independência das colônias e surgimento dos países em desenvolvimento.
* Crescentes investimentos em P&D e agregação de valor aos produtos.
* Ampliação do meio técnico-científico-informacional.
* Indústrias inovadoras: informática, robótica, telecomunicações e biotecnologia.
* Industrialização  de países em desenvolvimento e expansão das transnacionais.
* Construção do ENIAC, primeiro computador, desenvolvido pela Eletronic Control Company (EUA).
* 1980/1990 - crises financeiras em diversos países.
* 2008/2012 - crise financeira mundial.


Fonte: SENE, Eustáquio de&MOREIRA, João Carlos. Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização. Vol. 2. 2014.
Mundo Educação.
Imagens : Sociologia Política, Cola da Web, Blog do professor Edir, Revolução Industrial.

20 de abril de 2016

Questões sobre coordenadas geográficas


1) (UENP) Com base na figura a seguir, assinale a alternativa correta.

a) O ponto B situa-se no paralelo 40º N e 80º W de Greenwich.
b) O ponto C está situado a 20º de latitude Sul e a 40º de longitude oeste.
c) Os pontos A e B estão situados nos hemisférios oriental e setentrional.
d) O ponto D está situado a 10º ao sul do Equador e 20º do hemisfério ocidental.
e) Os pontos A e C situam-se nos hemisférios ocidentais e os pontos C e D encontram-se nos hemisférios boreais ou austrais.

2)(UFRN)Analise a figura abaixo e assinale a opção que corresponde, respectivamente, às coordenadas geográficas dos pontos X e Z.

a)X: 60º de Latitude Sul /15º de Longitude Oeste
   Z: 30º de Latitude Sul / 90º de Longitude Leste
b)X: 15º de Latitude Norte / 60º de Longitude Leste
   Z: 90º de Latitude Norte / 30º de Longitude Oeste
c)X: 60º de Latitude Norte / 15º de Longitude Leste
   Z: 30º de Latitude Norte / 90º de Longitude Oeste
d)X: 15º de Latitude Sul / 60º de Longitude Oeste
   Z: 90º de Latitude Sul / 30º de Longitude Leste

3) Quais são as coordenadas geográficas dos pontos A e B?

a) A= 40° lat. N / 140° long. O
    B= 20° lat. S / 60° long. L
b) A= 40° lat. N / 140° long. L
    B= 20° lat.S / 60° long. O
c) A= 40° lat. S / 160° long. O
    B= 20° lat. N / 60 ° long. L
d) A= 40° lat. N / 140° long. O
    B= 20° lat. S / 60° long. O
e) A= 40° lat. L / 160° long. N
    B= 20° lat. S / 60° long. O

4) Escreva as coordenadas geográficas dos pontos A, B, C, D e E.

Marque V para as alternativas verdadeiras e F para as falsas.
(   ) Os pontos B e C possuem diferentes latitudes e mesma longitude.
(   ) O ponto D está situado no hemisfério Norte e Ocidental.
(   ) O ponto A está localizado a 0° de longitude.
(   ) O ponto B situa-se no hemisfério Norte e Ocidental.

5) A_________________ é a distância, em graus, de qualquer ponto da superfície terrestre em relação à Linha do Equador, que é o principal __________________ da Terra. Além disso, __________________ é a distância, em graus, de qualquer ponto da Terra em relação a Greenwich, estabelecido como o principal __________________ do planeta.
A alternativa que melhor completa as lacunas acima é:
a) Coordenada geográfica, Ponto Cardeal, linha cartográfica, ponto de localização.
b) Ponto cardeal, coordenada geográfica, linha cartográfica, ponto de localização.
c) Latitude, paralelo, longitude, meridiano.
d) Longitude, latitude, meridiano, paralelo.
e) Latitude, longitude, meridiano, paralelo.

6) (UCS/RS) O globo terrestre é uma forma de representação da Terra. Nele podemos observar as linhas imaginárias, importantes para o estabelecimento das coordenadas geográficas, que são medidas estabelecidas para localizar um ponto na superfície do planeta.
Considerando as coordenadas geográficas, associe os termos listados na Coluna A aos conceitos apresentados na Coluna B.
COLUNA A
1 latitude
2 longitude
3 paralelos
4 meridianos
COLUNA B
( ) linhas imaginárias verticais que convergem para os pólos
( ) linhas imaginárias cujo plano é perpendicular ao eixo de rotação da Terra
( ) distância, expressa em graus, cujo ponto inicial é Greenwich
( ) medida, em graus, que estabelece as coordenadas ao norte e ao sul
Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.
a) 1, 2, 3, 4
b) 1, 2, 4, 3
c) 4, 3, 2, 1
d) 3, 1, 2, 4
e) 3, 2, 1, 4

7) (Ufpi) Sabendo-se que as coordenadas geográficas correspondem a um dos elementos básicos das representações cartográficas, é correto afirmar que:
a) Indicam a localização geográfica de lugares e são componentes indispensáveis aos mapas.
b) Correspondem a um sistema de orientação e servem para identificar zonas climáticas regionais.
c) São símbolos utilizados para fazer a relação entre a distância real e a distância gráfica dos mapas.
d) São referências gráficas que indicam áreas de mesma temperatura no globo terrestre.
e) São sinais aplicados na delimitação de cotas altimétricas e batimétricas do relevo.

8) (UFPB) Paralelos e meridianos são linhas imaginárias que se intercruzam na superfície terrestre. No cruzamento de um paralelo com um meridiano, há um ponto específico que determina a latitude e a longitude, permitindo a sua localização. Sobre as referidas latitude e longitude, é correto afirmar:
a) São medidas angulares entre dois pontos.
b) São distâncias em graus entre dois pontos.
c) São medidas em quilômetros entre a linha do Equador e o meridiano de Greenwich.
d) A latitude varia de 0º a 180º para Leste ou para Oeste.
e) A longitude varia de 0º a 90º para Norte ou para Sul.

9)(UFMT) :"Linhas imaginárias traçadas de pólo a pólo, atravessando a linha do Equador, perpendicularmente." O texto define:
a) latitudes
b) longitudes
c) paralelos
d) meridianos
e) círculos polares

10) (UDESC) Sobre o movimento de rotação, pode-se afirmar que:
I. consiste na volta que a terra dá em torno do seu próprio eixo (de si mesma) e é realizado de oeste para leste;
II. tem duração de aproximadamente 24 horas e é responsável pela incidência da luz solar por todo o Equador;
III. é responsável pela alternância entre os dias e as noites.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
d) Somente a afirmativa II é verdadeira.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

11) (UFLA) Analise as informações abaixo:
- São linhas imaginárias traçadas paralelamente ao Equador.
- É a distância medida em graus de qualquer ponto da superfície terrestre ao Equador.
- São linhas imaginárias que cortam perpendicularmente o globo e vão de um pólo a outro.
- É a distância medida em graus de qualquer ponto da Terra ao meridiano de Greenwich.
Assinale a alternativa CORRETA quanto ao tema a que se referem tais informações.
a) Dizem respeito ao entendimento da cartografia (projeções, escalas e outros).
b) Dizem respeito ao sistema de localização baseado nas coordenadas geográficas.
c) Dizem respeito ao sistema de fusos horários.
d) Ajudam a definir diferentes zonas de temperatura do planeta.


12) (URCA) Sobre as coordenadas geográficas, assinale o que for CORRETO.
a) A linha do equador sendo o paralelo inicial de 0º, tem o seu oposto em 90°, o qual define a Linha Internacional da Data que, em alguns pontos, avança para oeste ou para leste para incluir alguns lugares na mesma data que outros.
b) A linha do Equador e o meridiano de Greenwich definem, respectivamente, a divisão da terra em hemisférios meridional e setentrional e em hemisférios norte e sul.
c) Os paralelos localizados a 66° 33’N e S definem, respectivamente, os trópicos de capricórnio e de câncer.
d) Os meridianos definem os fusos horários do mundo, sendo que o meridiano de 45°W é o meridiano central do fuso horário que define a hora oficial de Brasília, que é a mesma do Ceará.
e) Os paralelos localizados a 23° 27’N e S definem, respectivamente, os círculos polares Ártico e Antártico

Respostas:
1) Em primeiro lugar o aluno (a) deve encontrar as coordenadas geográficas dos pontos A, B, C e D para depois marcar a opção correta.
A= 50° lat. N /100° long. O
B= 40° lat. N / 80° long. L
C= 20° lat. S/ 40° long. O
D= 10° lat. S/ 20° long. L
A resposta correta é a letra e.
2) Resposta a.
3) Resposta c.
4) Resposta: F, F, V, V.
A= 90° lat, S / 0° long.
B= 60° lat. N / 135° long. O
C= 60° lat. S / 150° long. O
D= 90° lat. N / 165° long. L
E= 45° lat. N / 60° long. O
5) Letra c.
6) Letra c.
7) Letra a.
8) Letra b.
9) Letra d.
10) Letra e.
11) Letra b.
12) Letra d.

Fonte livro: SENE. Eustáquio de & MOREIRA, João Carlos. Geografia geral e do Brasil; espaço geográfico e globalização. vol. 1.
Fonte internet: Geografalando, GeoConceição,




2 de abril de 2016

Procuro sugestões de material para Geografia e Sociologia no Ensino Médio

Olá queridos(as) colegas que visitam o blog Regininha!
Pelos comentários que tenho recebido a maioria dos(as) colegas é do ensino fundamental e o blog tem muitos exercícios voltados para essa etapa do ensino, principalmente do ensino fundamental 2. Como me aposentei da matrícula em que trabalhava no ensino fundamental 2 e hoje trabalho geografia e sociologia no ensino médio, passo a colocar mais exercícios dessas duas  disciplinas. Por isso gostaria de sugestões de colegas do ensino médio também,  agradecendo toda a atenção que tenho recebido dos(as) colegas do ensino fundamental.
Sou professora de Geografia da rede estadual gaúcha e este ano comecei a trabalhar também com sociologia, que gosto muito e que complementa muito as minhas aulas de geografia. Por isso, colega, se você tiver material, provas, trabalhos, ideias, por favor entre em contato para que possamos trocar ideias e enriquecer esse cantinho de trabalho, que é o Regininha - atividades Escolares. Um abração!!!

31 de janeiro de 2016

As mídias sociais no cotidiano das pessoas


As midias sociais são espaços de interação entre usuários. São considerados exemplos de mídias sociais: blogs, microblogs (Twitter), redes sociais (Facebook), fóruns, e-groups, instant messengers, wikis, sites de compartilhamento de conteúdo multimidia (YouTube, Flickr,SlideShare, Vimeo).
Os perfis de usuário são as características centrais das redes sociais da internet. Sua utilização permite não só que usuários construam listas de contatos ou “amigos”, mas também procurarem por usuários com particularidades e interesses em comum. 
De um modo mais simples, as mídias sociais são por outro lado aquelas as quais possibilitam que você também se comunique, ou seja, são uma via de mão dupla. São instrumentos que permitem a criação e o intercâmbio de conteúdos, muitos dos quais gerados pelos próprios usuário.
Hoje as mídias sociais fazem parte da vida e do cotidiano de grande parte de pessoas do planeta. Mas nem todos têm acesso a elas,  já que existe uma significativa parte de pessoas extremamente pobres que não tem acesso sequer a uma  rede elétrica.
E você, tem acesso a todas essas mídias sociais? Como ela influencia na tua vida? Você conseguiria viver sem elas?

Fonte: Blog Posts, Internet Innovation

29 de dezembro de 2015

Tecnologia e Metodologia

Esse vídeo é de 2007, mas é muito interessante, mesmo hoje quando estamos quase entrando em 2016. Foi elaborado pela Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC).
Não basta entupir de recursos tecnológicos materiais se não houver 
metodologia de trabalho e projeto pedagógico.

19 de dezembro de 2015

Resoluções para 2016

Você já fez as suas resoluções para 2016?
Ao contrário do que muitos dizem, um ano novo não é como uma página em branco que se inicia, nós trazemos toda uma bagagem de anos anteriores e sabemos o que deu certo e o que não deu. Quando iniciamos um novo ano e queremos traçar metas vamos fazer uso dessa bagagem que carregamos em nossas vidas.
Planejamento faz parte da vida de um professor(a), mas nem sempre o que temos em mente dá os resultados esperados, então temos que buscar novas alternativas. Para mim o ano novo é a oportunidade de recomeçar. Se algo deu certo continuamos, se não deu vamos ver onde podemos acertar. O que podemos fazer para dar uma guinada na nossa vida nesse novo ano?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...